鷹爪翻子門孟仁武館

A.T.S. Kung Fu Garra de Águia Lily Lau


Associação Taboão da Serra de Kung Fu Garra de Água Lily Lau

Quem Somos


A A.T.S. (Associação Taboão da Serra de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau) é uma Escola que trabalha com a cultura chinesa em foco, ou seja, tradicional nas modalidades de Kung Fu (sistema Garra de Águia da Linhagem Lau Fat Mang), Boxe Chinês (Sandá) e Tai Chi. Trabalhamos diretamente com crianças, jovens e adultos de ambos os sexos em que aprendem não somente uma arte milenar (marcial oriental), mas desenvolve também a sociabilização, disciplina, saúde, equilíbrio, confiança e vitalidade, ou seja, quesitos para um bom desenvolvimento saudável. Nossa Escola participa de torneios e demonstrações fazendo com maestria e profissionalismo surpreendendo a quem nunca se imaginou realizando sua performance através da: beleza, arte e agilidade. Para preparação física e técnica de nossos alunos, contamos com professores com alto grau de conhecimento marcial e experiência de mais de 20 anos dando suporte adequado suprindo a real necessidade daquilo que o aluno busca.

A A.T.S. já realizou apresentações nos Estados de São Paulo, Goiás e Rio Grande do Sul, além de eventos demonstrativos como: Ano Novo Chinês desde o primeiro ano de sua criação nas festividades no Bairro da Liberdade, Festa do Imigrante, Desfile Cívico, Virada Cultural Esportiva, Virada Cultural Oriental e Festa das Nações fazem de nossa Escola referência na cultura chinesa com apresentações de Dragões e Leões e claro, muito Kung Fu Garra de Águia. Nossa Escola também tem experiência em várias Cidades do Estado de São Paulo como: Tatuí, Catanduva, Ibiúna, Itapecerica da Serra, Embu das Artes e claro, Taboão da Serra. Instituições de Ensino como: Faculdade Uniban, Anhanguera, Uni Nove e Uni Ítalo e Parques Ibirapuera, Aclimação, Dom Pedro, Riso e Hortênsias. Em 4 Edições da Copa de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau, nossa Escola mantém o recorde de maior número de alunos e inscrições (mais de 100 alunos e mais de 120 inscrições), quando a Grã Mestra Lily Lau esteve presente. Na última Copa realizada no Estado recebeu da própria a certificação de maior Escola no Evento. Graças a esse forte trabalho, temos como "slogan" a frase: A A.T.S. NÃO PARA E O TRABALHO SEMPRE APARECE!

Professores


Historia


Tai Chi


Tai significa “o maior”, “o mais alto”, “supremo”, “absoluto”; Chi significa, literalmente, a parte mais alta do telhado - “cumeeira” e Chuan significa Punho, simbolizando “soco”, “luta à mãos livres” (desarmadas), “boxe”.

O estilo de Tai Chi Chuan criado por Wu Yu-Hsiang se caracteriza por movimentos pequenos e sutis; foco no equilíbrio, no desenvolvimento da sensibilidade e no cultivo da energia ("chi") interior. Seus movimentos são suaves, cíclicos, fluídos e requerem plena atenção mental, devendo ser comandados pelo centro do corpo (região do alto das coxas até a altura do umbigo).

Sobre sua origem, podemos afirmar que o Tai Chi Chuan foi criado sob influências das práticas Taoístas de circulação de energia, que visavam aumentar a vitalidade e melhorar a circulação da energia, fundamentado sobre a observância das leis naturais do Yin e Yang.

Contudo, o Tai Chi Chuan nasceu como uma arte marcial refinada que seria ensinada dentro da própria família do seu fundador. De fato, o Tai Chi Chuan é a única arte marcial que foi criada para preservar a saúde do praticante.

Benefícios e indicações para idosos:

Função cardiovascular e pressão arterial

Exercícios supervisionados, de intensidade baixa a moderada, são os mais indicados para promoção de saúde em idosos. Os estudos demonstram que, para praticantes desta faixa etária, o Tai Chi Chuan é um exercício de moderada intensidade, que trabalha em valores próximos a 60% da frequência cardíaca máxima.

A prática regular do Tai Chi Chuan produz efeitos favoráveis na função cardiovascular de idosos, melhorando tanto a capacidade de trabalho quanto a hemodinâmica cardíaca.

Comparando os efeitos de exercícios aeróbios de moderada intensidade com programas de Tai Chi de intensidade leve na redução da pressão arterial, em idosos previamente sedentários, encontraram-se efeitos similares. Entretanto, verificou-se que os resultados produzidos pelo Tai Chi Chuan são menores que os das atividades aeróbias padrão, como caminhar; recomendando-se, portanto, que ele deva ser praticado juntamente com exercício regular aeróbio moderado, mais que no lugar do mesmo.

Força muscular

Os idosos praticantes de Tai Chi Chuan apresentaram menor perda da força nos membros superiores durante o teste de preensão manual. O desempenho manual manteve significância mesmo quando um grupo de praticantes de Tai Chi Chuan foi comparado com outras modalidades tradicionais. Melhoras significativas também foram verificadas para a força dos músculos extensores e flexores dos joelhos de praticantes de Tai Chi Chuan em relação a grupo controle e para o pico de torque extensor do joelho, no protocolo concêntrico e excêntrico, reforçando a teoria de que o treinamento de Tai Chi Chuan em idosos pode aumentar a força e a resistência muscular dos extensores dos joelhos.

Equilíbrio e quedas

O Tai Chi Chuan leva a ganho em força, coordenação e flexibilidade, resultando em menor incidência de quedas em pessoas idosas.  Entretanto, o treinamento isolado de equilíbrio não mostrou reduzir o risco de quedas, enquanto intervenção focalizando múltiplos fatores de risco produziu proteção significativa contra quedas. Este achado sugere que o benefício do Tai Chi Chuan envolve outros mecanismos, além da simples melhora no equilíbrio, dentre eles a redução do medo de queda, o treinamento dos reflexos neuromusculares.

Benefícios psicológicos

Os indivíduos praticantes de Tai Chi Chuan demonstraram aumento da confiança no equilíbrio e na realização dos movimentos. Entre os efeitos notados nas atividades da vida diária estavam: aumento da percepção do corpo e de diferentes facetas do bem-estar, redução do estresse, fazer coisas que achavam que não podiam fazer, sensação de vigor e força, melhor coordenação e equilíbrio, diminuição da ansiedade e percepção da dor, aumento da atenção, da confiança e do relaxamento, melhor desempenho mental.

Contra-indicações

Embora a maior parte dos estudos revistos mostre os benefícios do Tai Chi Chuan, verificou-se que nem todos os indivíduos se beneficiam com esta prática, havendo também situações em que a mesma é contra-indicada, tais como em indivíduos com diagnóstico de angina, arritmia ventricular ou ambos. Assim é necessária avaliação inicial para determinar a tolerância do indivíduo cardiopata ao exercício e outras possíveis contra-indicações.

Garrinhas


Essa é a A.T.S. QUE NÃO PARA!

Nossa Escola inova quando realiza atividades voltadas para crianças de 3 até 7 anos de idade, pois atrelamos as atividades lúdicas próprias para idade aliadas a marcialidade, desenvolvendo assim a coordenação motora, raciocínio e aprimora a educação e disciplina.

Os Professores Bruno Castro e Carolina Barbosa atuam com paixão e muito profissionalismo fazendo com que a criança ao terminar a aula tenha vontade de retornar o mais breve possível.

O projeto se deu início em 2016 e já é sucesso em nossa Escola tratando a criança como ela realmente é.

Leao


A Dança do Leão (Wushi) é uma reconhecida tradição do folclore chinês e é parte das festividades e comemorações como casamentos, inaugurações de estabelecimentos comerciais e, principalmente, o Ano Novo Chinês. Geralmente é realizada por escolas de Kung Fu para espantar os maus espíritos, trazer sorte, felicidade e prosperidade aos espectadores.

As habilidades fundamentais para as apresentações incluem força, resistência, flexibilidade e equilíbrio, além de executar as diversas posturas do Kung Fu.

O leão é tradicionalmente considerado como uma criatura guardiã em muitas culturas asiáticas. Ele é representado na tradição budista como a montaria de Manjusri. A dança do leão é realizada em muitas culturas asiáticas, incluindo China, Japão, Vietnã, Coréia, Taiwan e Tailândia, entre outros, cada país possuindo seu estilo e propósitos próprios.

A dança do leão é especialmente popular na cultura chinesa, com uma história que remonta a mais de mil anos. Existem vários estilos de dança do leão, mas a mais popular são a nortista e a sulista. A dança nortista se originou nas regiões setentrionais da China, onde era usada para o entretenimento da corte imperial. O leão nortista é geralmente de cor vermelha, laranja e amarela (às vezes com pelagem verde para a leoa), é de aparência desgrenhada e têm uma cabeça dourada. A dança nortista é muito acrobática e é realizada principalmente como entretenimento.

A dança do leão sulista é de natureza mais simbólica. Ela é realizada geralmente como uma cerimônia para exorcizar espíritos maléficos e para invocar sorte e felicidade. O leão sulista exibe uma vasta variedade de cores e tem uma cabeça peculiar com grandes olhos, um espelho na testa e um chifre único no centro da cabeça.

Dragao


Durante o Ano novo chinês, dançarinos do leão de escolas de artes marciais costumam visitar lojas para fazer o "Choy Chang" (significa literalmente "colhendo verduras"). O comerciante amarra um envelope vermelho contendo dinheiro numa cabeça de alface e a pendura em frente a porta da frente. O leão aborda então a alface como um gato curioso, "engole" a alface e cospe fora as folhas, mas não o dinheiro. Supõe-se que a dança do leão traga boa sorte e fortuna para o negócio, e os dançarinos recebem o dinheiro como recompensa (além deste aspecto lúdico, o "choy chang" era encarado como um pedido de proteção formal; ao aceitar o presente, a escola de Kung Fu cujos alunos realizavam a dança, comprometia-se a vir em socorro do comerciante caso seu estabelecimento fosse assaltado). A tradição tornava-se assim, uma transação mútua.

Outros tipos de "verduras" podem também ser usados para desafiar a trupe, quando, por exemplo, potes de abacaxis, toranjas, bananas, laranjas e pedaços de cana-de-açúcar são usados para criar pseudo-barreiras. A dança é também realizada em outras ocasiões importantes incluindo festivais chineses, cerimônias de inauguração de negócios e casamentos tradicionais.

Hoje em dia, os negócios não exigem muito dos dançarinos, e este é um dinheiro fácil para as escolas de artes marciais. Nos dias de antanho, a alface era erguida entre 4, 5 e 6 metros de altura e somente artistas bem treinados em artes marciais podiam alcançar o dinheiro enquanto dançavam com uma pesada cabeça de leão. Estes eventos tornaram-se um desafio público. Uma grande quantia de dinheiro era oferecida, e a platéia esperava um bom espetáculo. Algumas vezes, se leões de várias escolas de artes marciais abordavam a alface ao mesmo tempo, imaginava-se que os leões deveriam lutar para decidir quem seria o vencedor.

Os leões tinham de lutar com refinados movimentos de leão, em vez dos estilos caóticos de luta de rua. A platéia então julgava a qualidade das escolas de artes marciais de acordo com o que os leões haviam lutado. Dado que a reputação das escolas estava em jogo, as lutas eram geralmente ferozes, mas civilizadas. O leão vencedor usaria então métodos criativos e habilidades de artes marciais para alcançar a recompensa pendente nas alturas. Alguns leões podiam dançar sobre pernas de pau e alguns podiam formar pirâmides humanas compostas por seus colegas de escola. Os dançarinos e as escolas ganhavam elogios e respeito, em acréscimo à grande recompensa financeira, quando se saíam bem.

Parceiros


Contato


(011) 98111-1961 / 96359-4865
email: fabiolachi00@hotmail.com

Si Fu Fábio Lachi

(Mang Yan ~ 孟仁)


Nascido em São Paulo, no dia 6 de maio de 1974, é praticante e divulgador da modalidade de Kung Fu do Estilo Garra de Águia desde 1992, além de ser praticante de Tai Chi Chuan "Wu Ha". Possui formação na área de Tecnologia de Informática, Pós Graduação e MBA em Negociação Estratégica de Negócios, Metodologia em Prática de Ensino, formado também em Educação física. Sifú Fábio Lachi possui graduação internacional de faixa preta 5º Duen tendo como avaliadora direta a Grã Mestra Lily Lau (maior autoridade do sistema de Kung Fu Garra de Águia mundial). Fez parte da primeira turma de professores formados desde 2007 no Estado de São Paulo. Sifú Lachi possui também títulos em torneios como Brasileiro, Paulista, Regionais, Pan Americano, Sul Americano além de receber troféu de 1o e 3o lugar em 2016 no Estado de São Francisco "Califórnia", 3 medalhas de ouro e 1 prata no Estado do Texas no torneio da "Chinwoo", conquistou também em Qingdau na China uma medalha de ouro e outra de prata nas categorias armas longas e mãos.

Si Fu Fábio Lachi faz parte da família tradicional de Garra de Águia com o nome "Mang Yan" dado pela própria Grã Mestra Lily Lau em cerimônia tradicional. Mang Yan significa benevolência, bondade tendo a responsabilidade de levar o Kung Fu Garra de Águia para todo o Brasil além de honrar o nome da Grã Mestra Lily Lau e seu Pai Lau Fat Mang.

Em 2018 o Professor Fábio Lachi recebeu o título de "Toudai" da Grã Mestra Lily Lau em reconhecimento pela divulgação e trabalho realizado em prol do Kung Fu Garra de Águia, ou seja, aluno de porta fechada que recebe ensinamentos diretos da maior autoridade de Kung Fu Garra de Águia do mundo. Fábio Lachi recebeu também em cerimônia tradicional "de chá" o Titulo de "師父" "SIFU" após escolha da Grã Mestra Lily Lau entregue em mãos, essa certificação foi a 3a no Brasil dada a um Professor do Sistema Garra de Águia Lily Lau. A certificação oficial foi entregue na Cidade de São Francisco - Califórnia nos EUA, na Escola da Grã Mestra. Sifu Fábio Lachi é atualmente um dos maiores divulgadores do Sistema tendo como promessa levar o Kung Fu Garra de Águia a vários pontos do Brasil.

Fechar

Si Fu André Neri


Nascido em São Paulo, no dia 14 de março de 1975 é praticante e divulgador do estilo Garra de Águia e Ministrante de Aulas de Boxe Chinês, atua na área de Kung Fu desde 1991 na Cidade de Taboão da Serra, atualmente, formado em Educação Física (licenciatura) e bacharelado. Si Fu Neri como é conhecido, tem formação nacional e internacional como Faixa Preta 2º Duen, sendo também um dos primeiros professores formados diretamente pela Grã Mestra Lily Lau desde 2007 (primeira turma do estado de São Paulo). Atualmente tem graduação de Faixa Preta 2º Duen internacional, lecionando junto com Si Fu Lachi. Atualmente ministram a Academia de Kung Fu Garra de Águia, de maior tradição da Cidade de Taboão da Serra. Si Fu Neri possui diversos títulos em competições como Brasileiro, Paulista, e vários Regionais além dos Campeonatos Pan Americano (esse em 2001) e Sul Americano. É um dos membros fundadores da A.T.S. Kung Fu Garra de Águia Lily Lau.

Fechar

Si Fu Fábio Ribeiro


Nascido em São Paulo, no dia 28 de março de 1978, é ministrante das aulas de Boxe Chinês e Kung Fu tendo formação nacional e internacional no sistema Garra de Águia. É um dos divulgadores do sistema Lindhap Yen Jiau de Sandá. É praticante do estilo desde 1995, atuante em diversas competições e apresentações. Si Fu Ribeiro como é conhecido é formado em Educação Física e tem em seu Currículo diversos Campeonatos como Brasileiro, Paulista, além de competições internacionais como Pan Americano e Sul-Americano. É um dos Membros fundadores da A.T.S. Garra de Águia.

Fechar

Si Hing Francisco Claudio Santos de Morais


Francisco Claudio Santos de Morais nascido em Piqué Carneiro no estado do Ceará, é praticante de kung fu sistema Garra de Águia Lily Lau desde 2008, sendo o primeiro instrutor formado em nossa Matriz na A.T.S. Kung Fu Garra de Águia Lily Lau.

Si Hing Francisco Claudio como é conhecido, fez parte da primeira turma de Faixa Preta 1º Duen nacional e internacional de nossa escola, possui títulos importantes como Campeonatos Paulistas e Brasileiros além de colocações de destaque nas Copas de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau. Sem dúvida, Si Hing Francisco Claudio é um dos mais atuantes sendo membro do conselho de nossa escola e ter participação incisiva como Monge do Leão Negro! Atualmente é responsável também pelo Kung Fu Garra de Águia na Cidade de Embú das Artes e na Casa de Abrigo Asas Brancas em Taboão da Serra.

Fechar

Si Hing Lucas Vinicius


Nascido em Santo André no dia 4 de dezembro de 1995 é praticante do sistema de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau desde 2010, participante da primeira turma que se formou Faixa Preta internacional e nacional pela A.T.S. Associação Taboão da Serra de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau. Lucas Vinicius é integrante da equipe de Dragão Chinês da A.T.S. desde sua primeira formação, já conquistou títulos brasileiros, paulistas e regionais. Conquistou medalhas também nas Copas que envolveram a Grã Mestra Lily Lau no Brasil.

Fechar

Si Jeh Bruna Topan


Nascido em São Paulo no dia 07 de fevereiro de 2000,é a primeira instrutora mulher formada na A.T.S. Associação Taboão da Serra de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau além de ser também praticante de boxe chinês. Si Jeh Bruna Topan é praticante de Kung Fu há 8 anos, faixa preta nacional e internacional aos 16 anos fazendo parte da primeira turma que concluiu essa graduação. Já conquistou títulos importantes em campeonatos paulistas e brasileiros além de várias medalhas de ouro nas Copas de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau. Atualmente é Professora responsável por Projetos realizados em Taboão da Serra e faz parte da equipe de Leão Chinês sendo responsável pelo Leão Branco.

Fechar

Si Hing Bruno Ferraz


Nascido em São Paulo no dia 26 de junho de 1989 é o primeiro professor de Boxe Chinês formado na A.T.S. Associação Garra de Águia Lily Lau. Tem formação Nacional e Internacional como Faixa Preta 1º Duen e faixa preta no Sistema Garra de Águia Lily Lau.

Possui títulos importantes tanto na área de lutas como na área de formas de Kung Fu como Brasileiro, Paulista e Copas que envolvem nossa Mestra. É um dos divulgadores do Sistema LindHap Yen Jiau de Sandá e Kung Fu Garra de Águia Lily Lau. Si Hing Bruno também realizou o curso de Dança de Leão Chinês com o Mestre James Lau e é responsável pela organização da Equipe de Leão Chinês da A.T.S.

É praticante do estilo desde 2008 e possui também a formação em Licenciatura e Bacharelado de Educação Física.

Fechar

Si Hing Rederson


Nascido em São Paulo no dia 25 de abril de 1996 é praticante e divulgador da modalidade de Kung Fu do estilo Garra de Águia Lily Lau desde 2011 na Cidade de Taboão da Serra. Si Hing Rederson tem formação nacional e internacional como Faixa Preta 1º Duen e faixa preta, tendo recebido o certificado de Excelência no exame internacional ministrado pela Grã mestra Lily Lau no Estado de Goiás em 2016. Si Hing Rederson possui diversos títulos em competições como Brasileiro, Paulista e diversos Regionais, também conquistou a 3ª colocação no three stars nas 2ª (2015) e na 4ª (2017) Copa de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau. É atuante como Professor ministrando aulas no Colégio Catharina Comino. Fez parte da primeira turma formada pela A.T.S. Associação Taboão da Serra de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau.

Fechar

Si Jeh Carolina Barbosa


Si jeh Carolina Barbosa da Silva, nascida em 30 de janeiro de 1996, na Cidade São Paulo, praticante de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau a 7 anos. Carol é a Professora direta do Grupo Garrinhas, grupo formado por crianças de 3 até 7 anos de idade em que ministra com maestria aulas disciplinares voltada especialmente nessa faixa etária. É também responsável pelo Monge "Rosa" de destaque principalmente nas apresentações do Ano Novo Chinês. Si Jeh Carol é formada faixa preta internacional desde 2017.

Fechar

Si Jeh Laryssa de Oliveira


Si jeh Laryssa de Oliveira Alves, nascida em 10 de Outubro de 2001, na Cidade de Taboão da Serra, praticante de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau a 7 anos. Laryssa é responsável pela equipe mirim do Dragão amarelo como a condutora em especial nas apresentações do Ano Novo Chinês e participante ativa como integrante da equipe de Dragão vermelho. Si Jeh Laryssa é formada faixa preta internacional desde 2017.

Fechar

Si Hing Lucas Pessoa


Si Hing Lucas Simões Pessoa, nascido em 19 de novembro de 1999, na Cidade de Taboão da Serra, praticante de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau a 7 anos. Lucas Pessoa é responsável pelo Monge Branco de nossa Escola além de fazer parte também da equipe de Dragão. Lucas Pessoa possui títulos importantes na como Campeonatos Paulistas, Brasileiros e internacionais nas Copas de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau. Si Hing Lucas Pessoa é formado faixa preta internacional desde 2017.

Fechar

Si Hing Andrew Carneiro


Si Hing Andrew dos Santos Carneiro, nascido em 26 de dezembro de 1999, na Cidade de Taboão da Serra, praticante de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau a 7 anos. Andrew possui títulos importantes na como Campeonatos Paulistas, Brasileiros e internacionais nas Copas de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau. Si Hing Andrew é formado faixa preta internacional desde 2017.

Fechar

Si Hing Pablo Pereira


Fechar

Si Hing José Roberto


Si Hing José Roberto da Silva, nascido no dia 29 de novembro de 1970 na Cidade de Timbaúba, Pernambuco, é praticante a 8 anos de Sandá na A.T.S. Kung Fu Garra de Águia Lily Lau, sendo responsável pela Equipe de Boxe Chinês na Academia Koliseu no Parque Pinheiros em Taboão Serra. Si Hing JR como é conhecido também tenho conhecimento em Capoeira do Estilo Angola onde se formou contra Mestre. JR conquistou pela A.T.S. Campeonato Paulista em 2011 em 2013 Vice Campeão Paulista no Kuoshu. É um dos responsáveis pelas aula técnicas de nossa Escola.

Fechar